29 de set de 2013

FILHOS BRILHANTES E OS PAIS QUE OS AMAM

Mensagem de Jennifer Hoffman
24 de Setembro de 2013


Vocês estão ainda de pé e respirando?

Passamos pelo Equinócio e... eu gostaria de lhes dizer que estaria tudo fácil a partir daqui em diante, mas isto não é verdade e nem mesmo significativo. O que significa “fácil”? É tudo tão relativo agora, relativo para nós, nossas experiências, lições, aprendizado, transformação e intenções.

O foco está agora na conexão da perspectiva do Um, começando conosco.

À medida que chamamos de volta os pedaços dispersos de nosso coração, mente e alma, nós somos solicitados a nos ver como Um dentro de uma ilimitada comunidade que se estende na galáxia. Somos importantes como nós mesmos, mas também como parte das comunidades a que pertencemos. O que pretendemos para nós mesmos, pretendemos para todos.

Nos próximos meses seremos ainda mais obrigados a nos expandirmos ou seremos impelidos para a cura, até que tudo seja concluído. Temos uma escolha, mas é o momento de escolher agora e não mais ficarmos em cima do muro.

Enquanto entramos na última semana de Setembro, reservem algum tempo para refletir sobre o que é importante para vocês, o que querem em sua vida e quanto podem expandir a sua energia para criar espaço para isto.

Eu escrevi que o Equinócio nos acelera até o final do ano.

Espero que tenham o seu cinto de segurança, porque a jornada começa agora.

A palavra deste mês é “aceitar”.

O que vocês aceitam, vocês podem liberar e o que liberam, com gratidão amorosa, vocês criam espaço para maiores bênçãos em sua vida.

FILHOS BRILHANTES E OS PAIS QUE OS AMAM

Eu sorri quando ouvi um pai me dizer como ele se sentia inadequado como um pai de seus dois filhos brilhantes. Ele queria garantir que eles recebessem a melhor educação e oportunidades para serem bem sucedidos e não tinha certeza de estar fazendo um bom trabalho.

Ele não tinha realmente que se esforçar tanto, porque os seus filhos estavam indo muito bem, desde que ele fizesse o seu trabalho, que era simplesmente amá-los, estimulá-los e apoiá-los, para que eles pudessem ser livres para usar e compartilhar os seus muitos dons e talentos.

Os filhos de hoje mostram os seus dons e o seu brilho a partir de uma idade muito precoce, e porque eles têm pais como os seus, são capazes de desenvolver, usar e compartilhar os seus dons com o mundo, quando deles mais precisar.

Houve crianças brilhantes no passado. Considerem Mozart, que escreveu a sua primeira sinfonia em torno dos 5 anos de idade. Mas, ele era uma anomalia. Hoje, crianças brilhantes são mais a norma do que a exceção. E no passado, muitas crianças brilhantes não foram levadas tão a sério, ou os seus talentos não foram reconhecidos, até que ficassem mais velhos.

Agora não importa a idade da criança, estamos preparados para celebrá-las em qualquer idade, maravilharmo-nos com os seus dons, e ouvirmos o que elas têm a compartilhar conosco. Isto é, em parte, devido a uma mente coletiva mais aberta, mas é também por causa da tenacidade dos pais que as amam e as apóiam.

Embora um contrato de paternidade seja detalhado e complicado, ele tem duas finalidades importantes: ajudar a criança a desenvolver e a usar os seus dons e prepará-las para reconhecer e curar o seu Karma. Alguns pais não sabem como incentivar os filhos a partilhar os seus dons, especialmente quando eles reagem aos dons dos seus filhos com medo ou inveja.

Mas muitos pais têm uma resposta diferente: eles fazem o melhor possível para estimular os dons dos seus filhos e se oportunidades não se apresentam, eles as criarão, para que os seus filhos possam ser vistos e ouvidos. Isto faz parte do seu contrato de alma que eles estão cumprindo. Hoje, as novas gerações de crianças têm muito menos Karma e, em troca, têm acesso a muito mais dons e a um caminho sem obstáculos a sua expressão.

Quem não se maravilha diante de um bebê que pode interagir com a matemática, tocar piano, ler ou falar e dominar um talento, em uma idade em que outras crianças estão tendo os seus primeiros dentes?

E ouvimos especialmente de perto estas crianças, porque elas são muito jovens. Este é o ponto e é também parte do que os seus pais prometeram fazer por eles, amá-los, apoiá-los, estimulá-los e estimá-los, para que eles não tenham medo, limitações ou dúvidas sobre os seus dons e para que eles possam refletir a alegria, o orgulho e o apoio dos seus pais para o mundo.

E o mundo precisa do extraordinário agora, ajudar a trazê-lo ao equilíbrio, para que possamos aprender a ver o mundo através dos olhos destemidos e ilimitados das crianças que nos mostram que qualquer coisa é possível, porque elas podem fazê-lo.

E quando aprendermos o que significa expressar a energia a partir deste espaço de total conexão e poder deles, nós também veremos o poder do amor operando em suas vidas e poderemos saber que tudo o que temos que fazer é estarmos dispostos a compartilhar os nossos dons e encontraremos o apoio, o amor e o carinho para nos ajudar a compartilhá-los com coragem e amor com o mundo.

Direitos reservados © 2004/2013 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel

Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br

Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário