16 de abr de 2011

NOVA MENSAGEM DE KAREN BISHOP - 16/04/11



NOVA MENSAGEM DE KAREN BISHOP
27 de Março de 2011.

Olá a todos!

Durante este tempo sem precedentes, em que finalmente avançamos, outra atualização ainda se justifica, pois estamos quase ancorados no novo e ainda em transição, por assim dizer. Embora o meu trabalho anterior tenha terminado agora, eu senti ser necessária a validação da nossa recente experiência, pois este é um momento muito especial e estamos quase próximos a um ponto crucial da nova e ansiosamente aguardada mudança em muitas de nossas vidas.

Durante os períodos dos alinhamentos do equinócio, os dias e noites têm igual duração. Eu posso me lembrar de estar em pontos especialmente designados em antigas ruínas durante este dia, vendo o sol a minha esquerda e a lua a minha direita, ambos nos mesmos pontos no céu. A experiência de equilíbrio e de neutralidade era indescritível. É durante um equinócio, então, que as energias podem “atravessar” e se movimentarem continuamente, pois não há nenhum obstáculo ou dificuldade proibindo este movimento, mas somente um caminho reto e plano.

O equinócio de 20 de Março criou realmente esta experiência. E, como sempre, há uma janela anterior e posterior, quando este movimento se inicia. Podemos ter subitamente sentido ondas de criatividade, onde tivemos tantas idéias que nem podíamos possivelmente imaginar executando todas elas. Isto é comum durante um equinócio, e sei que estas idéias não eram para ser executadas. Elas estão chegando simplesmente porque a energia está se movimentando. Podemos também ter encontrado todos os tipos de coisas subitamente em nosso espaço... do passado assim como do futuro... tanto quanto tudo fosse capaz de se mover livremente durante este período.

Podemos ter experienciado a insônia, pois estávamos prestes a atravessar para um novo espaço, e por várias razões, antes que o façamos, é muito comum permanecermos despertos durante uma grande parte da noite. Após aterrissarmos, podemos então experimentar o oposto... que é um forte desejo de dormir enquanto estamos re-iniciando e integrando.

O equinócio foi feito para criar o movimento. Mas a chegada de uma nova luz é algo inteiramente diferente. E, como sempre, as coisas estão no caminho certo. Os recentes terremotos estão chegando para re-alinhar a Terra, de modo que ela esteja pronta para receber esta luz. Estes terremotos começaram no ano anterior, mas porque havia ainda muito medo, e um comportamento baseado no ego arrogante dos habitantes da Terra, este processo foi interrompido até que as coisas pudessem ser re-examinadas a fim de proporcionar um novo plano que corrigisse esta situação. Em última instância, porque tantos “Trabalhadores da Luz” dissessem que eles tinham realmente passado o suficiente, além das muitas tentativas de correções, sem gerar o seu resultado desejado, nós avançamos novamente , não importa o que esteja ocorrendo no planeta neste momento.

Assim, então, estes recentes terremotos e movimentos ou aberturas da terra, estão chegando de modo que a Terra esteja preparada para aceitar a nova luz que deverá chegar em Abril. Aos poucos, estamos finalmente experienciando a mudança. Podemos nos perceber sendo apoiados onde tínhamos sido deixados oscilantes antes... tudo em uma tentativa de garantir que estamos exatamente onde precisamos estar quando a luz chegar. E, como sempre, somos divinamente protegidos em todos os momentos, ainda que possamos não termos nos sentido assim nos últimos anos e meses.

Dores no coração, doenças nos pulmões, no esôfago e na parte superior das costas são as nossas próprias experiências individuais, preparando-nos para receber esta luz... assim como a Terra está tendo a sua própria experiência de preparação. Quando os nossos corações se abrem, eles dilatam e expulsam a velha energia, criando assim a inflamação ao redor da área do coração. E é isto o que se manifesta como uma dor incomum nestas áreas. Mas, como sempre, é melhor consultar um médico especialista se alguém estiver experienciando um problema de saúde, pois nem tudo pode ser atribuído ao nosso processo evolutivo espiritual.

Experienciar grande perda cria também uma abertura do coração, além de uma nova residência em uma realidade de vibração mais elevada, e como prometido, é disto que se trata o meu novo livro (fazendo progressos, mas atrasado a partir do nevoeiro da transição no cérebro!

Embora os terremotos recentes estejam ocorrendo como preparação para a nova luz (e nos movermos em nosso eixo é parte desta preparação), eles têm importantes derivados de nível menos elevado também. Quando uma alma deixa a Terra através do processo da morte física, muitas vezes irá criar um cenário após a partida, de modo que se seguirá a sua passagem, uma oportunidade para a mudança. Por exemplo, uma alma poderia estar preparada para partir através de um acidente de carro ocasionado por um motorista bêbado; assim esta atenção pode ser dada ao fato de se dirigir bêbado e tudo relacionado a isto. A situação nuclear, então, em relação ao terremoto do Japão e o subseqüente tsunami, é um exemplo similar a este. Esta intenção é de atrair a atenção para formas alternativas de energia, pois o vazamento de Petróleo do Golfo deixou de atrair. Parece que os seres humanos devem ser afetados, ou melhor, que este planeta deve ser atingido mais diretamente onde fere, antes que possa ocorrer a mudança. Mas é por isto que muitos de nós fomos libertados, pois agora vemos o final dos tempos do lado de fora.

Em Abril então, mais abundância virá para muitos de nós, pois seremos regados por experiências de vibração mais elevada e por muita bondade quando chegar esta nova luz. E para aqueles que se afastaram para segundo plano, nossas vidas mágicas certamente começarão a se manifestar de modos que aguardávamos, por muito tempo.

Desejo-lhes o Céu em seu coração, a luz das estrelas em sua alma e milagres em sua vida nestes tempos milagrosos.

________________________________________
Karen Bishop
P. O. Box 15196, Rio Rancho, NM 87174

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Gostou! Indique para seus amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário