17 de jul de 2011

NÓS NÃO ESTAMOS SEPARADOS - 17/07

NÓS NÃO ESTAMOS SEPARADOS
Artigo de Reniyah Wolf
Canal de Metatron
Julho 2007

Estamos definitivamente em tempos excitantes enquanto nos aproximamos do ano de 2012. Nenhum de nós está exatamente seguro do que irá acontecer exatamente em 2012 – seja a mudança de consciência que se acelerará gentilmente ou se experienciaremos uma mudança cataclísmica. Em qualquer evento não vai ser apropriado nos amedrontarmos e nos preocuparmos quanto a isto. Nossas próprias experiências futuras são co-criadas do momento do agora, e as escolhas que fazemos nos dias corriqueiros de nossas vidas.

O tempo está se acelerando – ou realmente a nossa experiência está se acelerando e continuará assim, até mais rápido enquanto nos aproximamos mais do ano 2012. Pode parecer que estamos vivendo um ano no curso de um mês, porque tanto está acontecendo em nossa experiência. Enquanto as freqüências planetárias e a nossa experiência do tempo continuam a acelerar, podemos nos sentir como se tivéssemos sido pegos em um furacão. Nunca foi mais importante nos honrarmos, encontrarmos o nosso equilíbrio interior e estarmos conscientes das escolhas que estamos fazendo em todos os momentos.

O conceito chave dos tempos à frente é que “nós não estamos separados”. Nós não estamos separados uns dos outros, do reino vegetal e animal, ou da própria Terra, embora possamos nos sentir assim estando. Com as freqüências se acelerando, se torna muito importante conectar e honrar a Mãe Terra e todas as outras formas de vida, a fim de harmonizarmos a mudança para toda a vida no plano da Terra. Para nós, os humanos incorporados, isto nos serve para permanecermos bem ancorados na Terra, enquanto alcançamos as estrelas e os reinos mais elevados.

Nós, como um coletivo, estamos nos movendo em direção à união do Céu e da Terra – a abertura da consciência de massa humana para as dimensões além do máximo da freqüência de 4D. Enquanto os seres de 4D que controlaram os nossos pensamentos e emoções por muitos milênios começam a perder o seu poder sobre nós, coisas extraordinárias e caóticas podem terminar ao nosso redor. Devemos estar ancorados e centrados dentro do plano da Terra, assim como acessando as dimensões mais elevadas. No período condensado da experiência dos últimos anos antes de 2012, a transmutação do carma coletivo se acelerará. Isto nos servirá bem para clarificar o nosso próprio carma, de modo a não estarmos em ressonância emocional com o resto da humanidade, enquanto confiantemente ele está perdendo a eficácia, pela última vez.

Quando as forças do mundo estão caóticas, a única ferramenta confiável para navegar através da vida são os nossos sentimentos, que nos dão acesso a nossa intuição mais elevada. A mente linear não vai nos dizer a verdade – muita informação é perdida ou distorcida. Agora é o momento de trabalhar para anular conscientemente a programação da mente linear e praticar a confiança em nossos sentimentos. Nós não precisamos de qualquer terapia ou técnica especial para fazer isto. Precisamos simplesmente estar conscientes de nossos sentimentos enquanto fazemos as nossas escolhas na vida, pequenas e grandes. As escolhas de agora são a manifestação do futuro e confiar em nossos sentimentos é o único modo de conhecermos todos os potenciais.

Este, 2007, um ano “9”, é um ano muito importante em nosso processo de ascensão individual e coletivo. Eu senti uma mudança muito significativa nas energias coletivas no Solstício do Verão já passado, em 21 de Junho de 2007. Parece-me um tempo em que realmente afastamos o passado e todas as coisas que não mais nos servem. Eu sinto uma janela de oportunidade aberta agora, que provavelmente durará até antes do “999”, em 27 de Setembro de 2007.

Durante esta janela podemos liberar, com tanta graça e naturalidade quanto escolhermos o nosso carma passado, o medo, a dor e a incapacidade e substituí-los por formas pensamento mais elevadas de amor, paz e satisfação. Eu sinto que temos uma oportunidade sem precedentes agora para co-criarmos um tipo inteiramente diferente de experiência, individual e coletivamente. Não podemos fazer isto, entretanto, continuando a operar na programação do medo do passado. Devemos escolher de novo em cada agora, o que queremos co-criar para nós mesmos nos anos vindouros.

Há alguns alinhamentos cósmicos poderosos acontecendo nos próximos meses, tanto quanto um número de meditações coletivas e outras atividades sendo organizadas. Estes alinhamentos são também janelas de oportunidade para fazer a mudança. A mudança permanente que buscamos como um coletivo, entretanto, somente irá chegar se fizermos o nosso trabalho pessoal, assim como meditarmos e co-criarmos com outros. Mais uma vez, nós os encorajamos a confiar na orientação dos seus sentimentos enquanto vocês escolhem como farão uso destes alinhamentos cósmicos. Nem todas as meditações e atividades em grupo lhes servirão igualmente bem, e talvez o momento mais poderoso seja este passado com “você mesmo”.

Por Reniyah Wolf
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário