19 de set de 2010

VOANDO NAS ASAS DA ÁGUIA - 17/09/10


VOANDO NAS ASAS DA ÁGUIA
Uma mensagem de Arcanjo Miguel por Carolyn Ann O’Riley
5 de Setembro de 2010

Bem-vindos! Bem-vindos! Bem-vindos! Meus Belos Seres de Luz, na recolha da mensagem deste mês.
Este Mensageiro ama conectar-se com os leitores, quer na leitura destas mensagens como também quando O chamais. Se não haveis percebido tudo o que é preciso para requerer a presença deste Mensageiro basta solicitar, seja mental seja verbalmente, pela Sua assistência.
Este Mensageiro estará imediatamente lá junto de vós, pronto para escutar ou emprestar apoio em qualquer sentido que seja para o vosso mais elevado bem. É uma honra para este Mensageiro estar ao vosso serviço, Meus Amados.
O Criador envia-vos amor incondicional. Fechai os olhos e senti a onda de amor incondicional a circular à volta da vossa forma física enquanto leis esta mensagem. Senti o calor, a devoção e o amor incondicional por tanto tempo quanto seja confortável para vós. Vós sois tão amados, Meus Queridos.
Existe tanto caos e tumulto ao longo do Plano da Terra neste momento do AGORA. Vós, Meus Divinos Seres de Luz, sois algumas das mais antigas, das mais sábias e veneradas almas permitidas no Planeta Terra neste tempo. Vós haveis-vos voluntariado para esta tarefa de testemunhar as mudanças a ocorrer, não apenas no vosso pequeno planeta azul Gaia, mas também dentro de todo o Omniverso.
Há tanto a acontecer que vós, Meus Divinos Seres de Luz, estais a ser pressionados e puxados como se estivésseis num cabo de guerra. Na verdade, é quase exactamente como um cabo de guerra. Muitos estão a tender para que haja um Apocalipse por causa das antigas escrituras e predições. Muitos têm visto no vosso Coração Espiritual dos Corações que estas visões não têm que ser manifestadas.
Tanto do globo físico tem estado em guerra uns com os outros, durante tanto tempo, que é realmente muito difícil para esses habitantes guerreiros entenderem o que uma verdadeira visão da paz poderia parecer, ainda que remotamente.
O que vós temeis aproximais de vós, Meus Amados.
Cada um de vós está a evoluir a uma velocidade empenada. Oh, sim, há alguns que estão a arrastar os seus pés e a recusar-se a despertar, mas sempre haverá. Nunca haverá uma maioria de 100%, Meus Amados. Isto não é, simplesmente, como o processo se vai desenrolar.
Haveis visto mudanças climáticas, mudanças terrestres e rupturas naturais de todas as maneiras. Fazem parte do Plano Divino Mestre do Criador, Meus Queridos. Tudo está em perfeita e Divina ordem. Todos os que aqui estão neste momento no AGORA concordaram em participar, Meus Divinos Seres de Luz, neste Jogo do Plano da Terra. A vossa visão combinada da Paz Pristina foi muito anterior, quando o Criador concebeu primeiramente o Plano Divino Mestre. Todos os que estão na Terra neste preciso momento rememoraram, previamente, o Plano Mestre Divino e concordaram em seguir o Roteiro Divino, Meus Amados.
O vosso nome está a ser chamado no Céu, Meus Divinos Guerreiros da luz, vós sois heróis. Estais a receber ovações das vossas Famílias Espirituais pela vossa coragem e bravura por vos haverdes voluntariado para uma missão tão stressante. Aqueles que estão a deixar o planeta, seja individualmente seja em massa, cumpriram as suas partes no Puzzle Divino, Meus Queridos. Terminaram as suas tarefas e estão todos a observar para verem o resultado.
Vós nunca estais sós, Meus Divinos Seres da Graça. Cada um e todos vós estais a receber, adicionalmente, uma centena de Anjos para vos acompanharem até que as vossas tarefas sejam cumpridas no Plano da Terra. A Missão dos Anjos Divinos é infundir amor e calma directamente para os vossos Corações Espirituais, Meus Divinos Seres da Graça. Aceitai esta dádiva e começai a convidar estes maravilhosos membros da Equipa de Assistência Angélica para o vosso Chacra Espiritual do Coração. Pedi-lhes que vos ajudem a encontrar a paz que sabeis que está em algum lado do vosso Chacra Espiritual do Coração, enterrado debaixo do medo que precisa de ser libertado para não traçardes aquelas imagens visuais do medo do Apocalipse para vós, para o planeta ou para quem quer que seja.
O momento é AGORA de mudardes a vossa visão para uma visão de calma e de paz com tudo na Perfeita Ordem Divina. Antecipar esta visão, Meus Queridos, é a chave. As cores para incorporar a calma e a paz são os rosa, os rosa intensos e magentas salpicados com ouro metalizado.
Ide profundamente dentro de vós e puxai esta visão do futuro, Meus Queridos. Vede, na vossa própria imaginação, milhões de outros Olhos das Mentes Espirituais juntando-se a vós nesta visão. Dentro deste campo de visão, vede a nuvem de calma e de paz começar a preencher toda a área da superfície. Colorai essa nuvem de calma e de paz com folhas de ouro metálico e permiti que tudo o que não está em paz seja transmutado. Estas visões, Meus Amados, não são violentas nem são visões de guerra, assim, mantende isso fora das vossas percepções enquanto coloris essas imagens de calma e de paz. Estas imagens elevarão os que ainda estão incipientes e que se debatem ainda, Meus Amados, e permiti que o amor os eleve e com a maravilhosa ajuda de Deus transmutai depois os detritos que ainda os mantêm presos, sem violarem o seu livre arbítrio.
Permiti que este Mensageiro vos conduza numa jornada de meditação.
Acomodai-vos na vossa cadeira ou deitai-vos numa cama para que estejais confortáveis. Evitai cruzardes os braços e as pernas, tanto quanto possível, porque isto bloqueia o fluxo de energia. Cobri-vos com uma manta de luz, se arrefeceis com facilidade. Queremos-vos confortáveis e serenos por um tempo enquanto viajais dentro de vós mesmos através da meditação.
Fechais os olhos e, de modo confortável, respirai profundamente, depois expirai de modo confortável tão vigorosamente quanto possível. Com cada inspiração, estais a inspirar o amor. Com cada expiração, estais a exalar o medo e a dúvida. Fazei outra inspiração funda, de modo confortável, e confortavelmente exalai deixando ir apenas todo o stress. De novo inspirai fundo confortavelmente e, em seguida, expirai soltando tudo com um suspiro conforme ides exalando todas as frustrações do dia.
Senti o vosso corpo a descontrair desde os dedos dos pés até ao topo da cabeça. Concedei-vos permissão para sentirdes a calma e a paz. Os vossos músculos sentem-se soltos e flexíveis, tão descontraídos, tão deliciosamente serenos, tão maravilhosamente preguiçosos.
Dirigi o vosso ego para sobre o vosso ombro esquerdo. Instrui-o de que ele é apenas um observador nesta jornada, não um participante. Se for útil visualizar o vosso ego identificando-o com um símbolo ou um objecto, por favor fazei-o.
Na vossa imaginação, orai ao Criador para que vos envie um Raio de Luz Branca protector, dizendo mentalmente qualquer coisa como isto “Meu Criador, peço-Vos que um Raio protector de Luz Branca me envolva e me eleve para que eu experimente as mais elevadas vibrações nesta jornada para o meu mais profundo interior de compreensão e de Ser. Eu estou a proteger-me, Meu Criador, de alguma coisa que não seja para o meu bem superior nesta jornada. Eu Vos agradeço, Meu Criador, por me assistirdes enviando-me este Raio. Eu visualizo-o na minha imaginação vindo neste momento através do canto da área em que estou a meditar. Ele está a entrar na minha forma física, permeando tudo o que está na minha presença Eu Sou”.
O Criador responde às vossas preces e oferece-vos um Raio Branco Iridescente mais dois Raios Dourados fluidos, um Raio Rosa Intenso, um Raio Rosa e um Raio Magenta para esta viagem. Os Raios penetram nos vossos corpos através das solas dos vossos pés e deslocam-se ao longo do vosso recipiente físico, permeando por toda a parte os vossos campos etéreos de energia & receptáculo físico, e todos os cantos da área actual em que estais a meditar; de seguida, os raios saem através do vosso Chacra da Coroa. Os Raios estão a regressar ao Criador e voltando de novo para vós e de novo para o Criador numa contínua laçada circular. Estes raios terapêuticos protectores estão em contínuo movimento circular enquanto estais a meditar.
Vós sois divinamente protegidos neste momento e nada pode sequer comunicar convosco que não seja para o vosso bem superior, sem a vossa autorização.
Meus Divinos Seres de Luz. Vós respirais de modo muito lento e equilibradamente, agora estais a sentir-vos seguros e protegidos.
Inspirai profundamente, Meus Lindos Seres de Luz, e senti a sensação de leveza e de descontracção por serdes protegidos & divinamente guiados nesta meditação. Inspirai profundamente e sabei que estais a inspirar a Pulsação do Criador. Escutai o batimento do Coração Espiritual do Criador e senti o amor incondicional que flui através de vós de cada vez que pensais neste momento.
Inspirai profundamente permitindo e vendo na vossa imaginação espiritual os vossos Anjos da Guarda e convidai os Guias Espirituais conforme Eles se juntam a vós. Os Anjos tomam a essência das vossas mãos etéreas e guiam-vos para fora do vosso corpo físico, dirigindo-vos para o Chacra Espiritual do Coração. Um Anjo fica junto da vossa essência física até que regresseis desta jornada meditativa.
Vós estais a ver, a sentir e a percepcionar isto na vossa imaginação, os vossos Anjos da Guarda, Guias Espirituais e os convidados especiais estão neste momento no vosso Chacra Espiritual do Coração convosco. Os vossos Anjos e Guias ajudam-vos a localizar a Porta Dourada que diz “Para a minha Orientação Interior Mais Elevada”, vós rodais a maçaneta etérea da porta e atravessais o limiar sabendo que estais numa aventura espiritual de crescimento.
Encontrais-vos num Corredor de Mármore Branco. Os vossos Anjos entregam-vos um casado de couro de voo, óculos protectores, um lenço de pescoço, e vós correis o corredor abaixo até à porta à esquerda. O rótulo na porta diz “Secção do Voo da Águia”.
Abris a porta e atravessais o limiar e, diante de vós, está uma maravilhosa enorme águia careca com uma pequena sela nas costas. O assento deste belo pássaro tirou-vos o fôlego. Vós avançais e saudais a águia. A águia diz-vos que o seu nome é Alberto e que tem o maior prazer em ser a vossa águia de voo de serviço para hoje. Foi trazida e colocada perto da águia uma escada para que vós possais subir para a sela.
Estais muito entusiasmados nunca, nem em um milhão de anos, vós haveis pensado que voaríeis com uma águia. Que maravilhosa experiência será.
Os Anjos selaram-vos e avisam Alberto de que ele pode descolar para o vosso Palácio de Cristal. Alberto espalha as suas enormes asas e levanta voo. Podeis sentir as correntes de ar fluindo sobre as asas da águia.
Abaixo vós vedes, à distância, o vosso Palácio de Cristal, o prado e a maravilhosa montanha onde se localiza o vosso Palácio. O vosso Jardim da Serenidade está lá também. A águia chega num instante e aterra mesmo junto ao vosso heliponto. Os Anjos ajudam-vos e descer e agradeceis a Alberto pelo maravilhoso voo. Alberto diz-vos que o prazer foi todo dele e que foi uma honra transportar um herói.
Um dos Unicórnios Dourados saúda-vos e dá-vos as boas-vindas ao Jardim da Serenidade. O nome do Unicórnio dourado é João e acompanha-vos até ao Palácio de cristal. Lá, vós vedes a porta dourada da frente com todos os nomes que haveis tido desde o vosso nascimento na Criação. Quando estiverdes prontos podereis ser capazes de ler alguns dos nomes encarnados, bem como o nome que haveis recebido no momento do vosso próprio nascimento na Criação. Alguns dos nomes virão em símbolos, alguns em línguas estrangeiras e por aí fora. Haveis vivido muitas e muitas vidas e sois recordados.
Rodais a maçaneta da porta dourada e entrais no hall de entrada. O chão está coberto de belos pontos coloridos da luz refractada através do cristal acima.
Tomais alguns minutos e ides junto de cada cor para a saudar e receber uma mensagem, se isso for apropriado para vós neste momento do AGORA.
Conforme vos aproximais do final dos pontos coloridos, olhais para baixo do hall e vedes uma construção em curso porque vós estais sempre em evolução e em construção.
Virais à vossa esquerda e encontrai-vos no vosso maciço santuário central. Olhais à volta deste maciço quarto redondo e vedes as muitas portas que dele derivam. Vedes a primeira porta com luz radiante à volta, e encarais e escutais uma suave música de fundo. A porta tem o rótulo de “O Criador”. A música é quase assustadora porque, em algum lado dos recessos das vossas memórias vós conheceis esta canção, mas não conseguis saber de onde. Sabeis que haveis escutado anteriormente esta canção, mas onde? Os Anjos dizem que esta é a vossa própria canção. A canção foi criada unicamente para vós no momento do vosso nascimento na Criação.
Os vossos Anjos apressam-vos para diante. Dizem-vos que hoje ides visitar um quarto chamado de “O Quarto do Globo”. Virais à esquerda noutro corredor e à vossa direita vedes o quarto. Rodais a maçaneta e atravessais o limiar. Enquanto andais olhais para cima e lá, na vossa frente, está um Globo de cristal gigante. Junto ao globo está uma acolhedora e confortável poltrona de couro velho.
Os Anjos conduzem-vos para vos sentardes. Têm um telefone portátil especial e começam a ligar para um número que liga para todos os outros participantes desta jornada de meditação. Estais agora a concentrar-vos no vosso Globo de cristal gigante. Enquanto todos os participantes se ligam são-vos dadas instruções para começardes a visualizar calma e paz em cores rosa, rosa intensos, magenta e dourado.
O Globo de cristal imediatamente se acende com cores rosa, rosa intenso, magenta e dourado a revolver-se e a girar à volta, dentro e fora da superfície do Globo. As cores coloridas dançam agora nas paredes, no chão e no tecto, bem como através do Globo de cristal. Que espectacular imagem se está a criar, dizeis para vós mesmos que isto é, justamente, aquilo que vós retrataríeis numa meditação com este fim.
Podeis sentir as intenções a crescer cada vez mais fortemente, à medida que o grupo se foca nos mesmos aspectos de calma e de paz. As cores tornam-se mais intensas conforme o treino de pensamento do grupo se funde em Uma mente. Sentis a diferença que isto faz e estais realmente surpresos com a simplicidade deste exercício.
Todo o medo foi neste momento banido de dentro do Grupo e não existe nenhuma dúvida dentro dele de que estais a fazer uma enorme diferença sobre a Terra com este exercício.
Os vossos Anjos dizem-vos como estão orgulhosos por haverdes aceitado o desafio de encarnardes na Terra nesta época. Eles sabem das dificuldades e do stress que são suportados numa base diária e Agradecem-Vos por esta tarefa.
As cores intensificam-se de novo e antes que vos apercebeis surge um enorme clarão dourado. Os Anjos dizem que tudo foi agora transmutado. Vedes as cores que se tornam mais suaves e mais leves. Surge um segundo clarão dourado, conforme os últimos pedaços de detritos dos campos da Consciência de Massa são transmutados em puro amor.
Extraordinário, simplesmente extraordinário, dizeis aos Anjos. Enviais uma mensagem mental para todos os que estão a participar convosco e agradeceis pelos seus esforços. Imediatamente recebeis milhões de respostas agradecendo-vos também e dizendo-vos que, em qualquer altura em que quiserdes voltar a fazer isto de novo para, por favor, os contactardes, eles querem participar de cada vez. Vós replicais a cada membro que gostaríeis de agendar um tempo todas as semanas para fazerdes este mesmo exercício. Todos concordam.
Como é tempo de regressar, por agora a sessão está concluída e vedes, mais uma vez, o Globo como uma larga esfera de cristal. Os Anjos guiam-vos de volta pela porta e pelo hall. Encontrais-vos de volta ao vosso amplo santuário circular.
Os Anjos conduzem-vos de volta ao hall de entrada onde vos despedis, por agora, de todos os pontos coloridos. Abris a porta e encontrais João, o Unicórnio dourado, à vossa espera. João leva-vos de volta para o caminho onde Alberto, a águia, vos espera para o voo de regresso.
A escada está mais uma vez montada para vos ajudar a montar a sela nas costas de Alberto. Quando ele sente que estais seguros, levanta voo. Vós continuais surpresos com a envergadura das amplas asas que esta águia tem e maravilhados com a beleza e graça de Alberto. Dizeis aos vossos Anjos que sempre haveis adorado ver os pássaros a voar. A facilidade e a graça com que eles rodam e se volteiam no ar é tão fascinante.
Alberto aterra e vós desmontais. Agradeceis a Alberto pela sua assistência. Ele agradece-vos pela vossa assistência ao Planeta. Arranca uma pena do peito e dá para as vossas mãos para que vos lembreis sempre de terdes coragem. Agradeceis-lhe este gesto caloroso.
Voltando pelo caminho que haveis feito, reentrais pela mesma porta e encontrais-vos de volta ao hall de passagem. Encontrais-vos imediatamente no Corredor de Mármore Branco.
Vós captais um vislumbre da vossa essência brilhante no espelho e a pena de Alberto está a sair do bolso da vossa camisa. Os Anjos conduzem-vos através da porta dourada do limiar, de volta para o vosso Chacra Espiritual do Coração e, de seguida, Eles ajudam-vos no retorno à vossa essência espiritual e de volta para a vossa forma física.
Mexei os vossos dedos e os dedos dos pés e, quando estiverdes prontos, abri os olhos. Ide para o vosso dia lembrando-vos de que a vossa Superior Sabedoria Interior, o Apoio Angélico e os seus membros estão sempre ao vosso serviço, trabalhando convosco para vos ajudar a alcançar o vosso potencial superior mais apropriado.
Queridos, vós sois abençoados para além das palavras e amados para além das medidas, mais do que qualquer linguagem do Planeta Terra possa alguma vez expressar.
Eu Sou o Arcanjo Miguel, O Mensageiro do Criador, do Amor, da Alegria, da Sabedoria, da Luz, da Paz e da Graça.
________________________________________
Esta mensagem é canalizada e escrita por Carolyn Ann O’Riley. Reservados os Direitos de Autor. Pode ser partilhada com aqueles que sentem que podem ressoar com a matéria fornecida, na condição de que os créditos apropriados sejam respeitados e de que não exista nenhum encargo na sua partilha.
Fonte: www.spiritlibrary.com
Tradução Ana Belo – anatbelo@hotmail.com
Gostou! Indique para Seus Amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário