19 de out de 2010

ACEITANDO O PERDÃO E ENCAMINHANDO-SE PARA O PROPÓSITO DIVINO - 19/10/10


ACEITANDO O PERDÃO E ENCAMINHANDO-SE PARA O PROPÓSITO DIVINO
22 de Setembro de 2010

Amados,
Uma nova possibilidade surgiu para a cura da Terra, criada pela prece e intenções conscientes e dedicadas de muitas almas que trabalharam juntas em múltiplos níveis da realidade física e espiritual. Com esta nova mudança vibracional, mais será possível no caminho da expansão da luz.
Isto não diminui de forma alguma os enormes desafios que estão presentes, entretanto, a presença de uma luz mais forte permitirá as mudanças necessárias que são necessárias na consciência, a fim de que a humanidade avance para novos tempos que estão à frente.
Tanto o precioso corpo da Mãe Terra está agora assinalando, em uma base regular, a necessidade de atender às preocupações prementes deste momento, quanto os preciosos corpos de todos os seus filhos encarnados na Terra, também assinalam agora, em uma base regular, as suas necessidades para um modo de vida mais equilibrado, mais amoroso e sustentável.
Enquanto mais luz espiritual se infunde nos corpos físicos de todos na Terra, o que está desequilibrado e não sustentável, começará a se desintegrar e a sucumbir. Aquilo que ressoar com o amor, com a luz e com a verdade espiritual será ajudado a florescer.
A questão do que não é sustentável variará para cada pessoa, ainda que haja uma questão mais ampla de como viver na Terra de forma sustentável em longo prazo, o que a humanidade precisa tratar coletivamente.
A um nível individual, há determinados modos de viver que simplesmente não podem continuar para as almas que estiveram vivendo fora do equilíbrio ou da harmonia com o seu Eu Superior. Somente o próprio indivíduo pode chegar a este entendimento, pois isto é uma questão relacionada ao propósito da alma.
Os novos níveis de luz presentes na Terra estão criando uma necessidade emocional mais urgente para encontrar o significado, o equilíbrio, a verdade, o amor e a satisfação na vida. Os atuais desafios econômicos enfrentados por muitos, estão proporcionando a oportunidade para que cada indivíduo considere o que é mais real e o mais importante.
Os novos níveis de luz estão abrindo portas, emocionalmente e espiritualmente, para todas as almas. Para alguns, isto cria um despertar do coração que pode ser tanto alegre, como também devastador, pois dores anteriormente reprimidas fluem para a superfície. Tenham paciência com vocês e com os seus companheiros humanos durante este tempo, pois todos estão despertando para novos níveis dentro de si.
É mais importante neste momento estar livre da energia do julgamento, que é um resíduo da consciência separada que pressupõe que aqueles que estão fora, são responsáveis pelos problemas do mundo, ou que causam a dor.
A energia do julgamento é estimulada pela raiva e pela impotência, e não pode ser abordada a partir do nível do ego. O que é necessário é simplesmente reconhecer que o julgamento está presente, e orar para que ele seja transformado. Enquanto a luz abre o coração, a mente e as emoções são liberadas do julgamento e novas possibilidades podem surgir, tanto individual, quanto coletivamente.
Quanto mais pessoas começarem a experienciar o que é possível quando a consciência está ancorada no coração, ao invés da mente, então muitos problemas do seu mundo que precisam urgentemente de uma solução, começarão a ser resolvidos.
Aqueles que estão ligados a opiniões, idéias, culpa, julgamento e raiva, começarão a ver estas energias pelo que elas são: criações do ego e da consciência de separação, que foram necessárias em tempos passados para proteção do eu inferior. Agora algo novo é possível no planeta Terra, um modo de viver do Eu Superior que é Uno com Deus e com Tudo O Que É. Este modo está disponível a todos livremente para aqueles que o escolherem.
Deus sempre permite o livre arbítrio, e assim haverá aqueles que escolherão não entrar na nova energia que está se manifestando. Esta é a sua escolha e os seus caminhos serão guiados de acordo com o propósito de sua alma, em harmonia com a vontade de Deus.
Embora não haja nenhuma maneira de compreender com a mente o caminho de outra alma, através do amor divino, da compaixão e do perdão, vocês podem se libertar das energias da culpa, da raiva e do julgamento, que criam apego e que colocam em movimento forças cármicas que aumentam os encargos no mundo.
Há algumas energias emocionais intensas da raiva, da culpa ou da indignação que vocês podem desejar liberar, mas que pode não ser possível deixar ir. Nesta situação, há um processo de cura e de purificação acontecendo, que precisa de atenção paciente e amorosa. Através da prece e da intenção de perdoar, as tempestades da dor emocional se levantarão e serão sentidas, e, eventualmente, passarão. Pela escolha de conceder as suas emoções a Deus, sem se engajar e expressar a negatividade, vocês estão fazendo um enorme impacto na matriz emocional e energética da Terra.
Quando uma pessoa escolhe a luz, isto causa um impacto na maior parte da consciência coletiva, da qual toda a humanidade é uma parte. Quanto mais pessoas escolherem a luz, mais forte se torna o campo energético da luz na Terra.
Embora mais luz acelere também o processo de purificação que pode ser intenso, a luz limpará estas energias, libertando assim os indivíduos, para que se movam para o projeto divino de sua alma e para que manifestem o seu propósito espiritual na Terra.
Cada alma tem um propósito divino que se destina a trazer mais luz ao mundo. O propósito de sua alma está esperando por vocês neste momento, pronto para se manifestar com mais força quando estiverem preparados. Aceitem as dádivas que Deus lhes deu para compartilhar com o mundo, pois vocês são únicos em toda a criação, e foram criados para dar algo especial ao mundo neste momento.
Com todo o amor e bênçãos.
Amém.
________________________________________
WORLD BLESSINGS – MANTENDO A LUZ PARA UMA TERRA SAGRADA

http://www.worldblessings.net

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Gostou! Indique para seus amigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário